Dicas para planejar uma viagem às Maldivas!

Você sempre sonhou em conhecer as Ilhas Maldivas, se hospedar em um daqueles bangalôs super charmosos sobre as águas turquesas, mas não sabe nem por onde começar?


Pensando nisso, resolvemos reunir todas as informações que você precisa para tirar suas dúvidas sobre o destino e quem sabe te inspirar a começar o planejamento deste sonho! Vamos conferir?



Primeira coisa que você precisa saber é que as Ilhas Maldivas são um arquipélago composto por mais de 1.196 ilhas agrupadas em 26 atóis!!! E apenas umas 200 delas são habitadas (sendo metade delas ocupadas por resorts).


Maldivas é o destino perfeito para quem busca tranquilidade e romance em meio a um cenário paradisíaco, claro! Mas o que mais me perguntam é, como chegar neste paraíso?



COMO CHEGAR NAS MALDIVAS?


As Ilhas Maldivas ficam no Oceano Índico, na Ásia! Para sair do Brasil até as Maldivas não existem voos diretos, mas você tem 3 opções de escalas:

  • Em Istambul, se for pela Turkish Airlines

  • Em Dubai, se for pela Emirates Airlines

  • Em Doha, se for pela Qatar Airways

O principal aeroporto das ilhas é o Aeroporto Internacional Ibrahim Nasir (MLE), também conhecido como Aeroporto de Malé. Malé é a capital da República das Maldivas, e a partir deste aeroporto você irá pegar um transfer para o seu hotel.



É muito importante agendar o transfer antes de embarcar, seja com o seu agente de viagem ou diretamente com o seu hotel. Se seu hotel ficar em uma ilha próxima a Malé, provavelmente virão te buscar com uma embarcação local, conhecida como Dhoni. Mas caso seu hotel seja mais longe, virão te buscar de lancha. E nos casos dos hotéis que ficam em ilhas BEM mais distantes, nos atois, por exemplo, o seu transporte poderá ser feito de hidroavião.


Agora que você já está localizado e já sabe como chegar, que tal preparar a documentação necessária para a viagem?



E A DOCUMENTAÇÃO?


Para entrar nas Maldivas, brasileiros não precisam chegar com um visto. Ele é concedido pelas autoridades na chegada em Mali gratuitamente e vale por até 30 dias. É necessário apenas um passaporte válido por pelo menos 6 meses .


Também é necessário estar com o Certificado Internacional de Vacinação em mãos na chegada, comprovando que está devidamente imunizado contra a febre amarela. Esta vacina deve ser tomada pelo menos 10 dias antes da viagem.


Durante a pandemia: para entrar nas Maldivas é obrigatório apresentar um teste RT-PCR (Covid-19) com resultado negativo e data de emissão de até 72 horas antes do embarque. O certificado precisa estar escrito em inglês, deve ser apresentado tanto no check-in quanto no desembarque nas Maldivas. Você também vai precisar preencher uma Declaração de Saúde dentro das 24 horas antes do seu embarque e enviá-la virtualmente.


Sempre busque informações atualizadas e oficiais do país antes de embarcar, é só clicar aqui para acessar o site do Ministério do Turismo das Ilhas Maldivas.



QUANDO IR?


A melhor época para ir às Maldivas é fora da temporada de chuvas, que dura de Maio à Outubro. Então entre Novembro e Abril seria o ideal se você quer garantir dias sem chuva.


Mesmo assim, o clima se mantém sempre estável e as temperaturas costumam oscilar entre 25 e 32 graus. Garantindo que você aproveite a beleza do lugar em qualquer época do ano.


Para os viajantes com orçamento mais apertado, viajar na temporada de chuvas pode ser uma boa ideia, pois vários hotéis chegam a oferecer descontos de até 50%! Se você quiser arriscar ir nessa época, é bom saber que na parte sul do arquipélago costuma chover mais do que na parte norte, então os hotéis na parte norte são melhor escolha na temporada de chuvas.



HOSPEDAGEM


A hospedagem é com certeza a PRINCIPAL escolha em uma viagem para as Maldivas. Quando pensamos em Maldivas, com certeza pensamos nos resorts luxuosos! E o principal objetivo de uma viagem como essa é relaxar, aproveitar a praia, o sol e a companhia não concorda?



Então a escolha do hotel deve ser a parte mais pensada em sua viagem. Nós recomendamos ficar atentos aos seguintes fatores ao escolher um hotel nas Maldivas:

  • Atividades e experiências oferecidas aos hóspedes

  • Gastronomia no hotel

  • Conforto dos quartos e tipos de quartos disponíveis

  • Opções de atividades românticas oferecidas (se estiver indo em uma viagem de lua de mel)

  • Avaliação de outros hóspedes e recomendação do seu agente de viagem

Existem inúmeras opções de hotéis cinco estrelas com todos os tipos de serviços oferecidos que você possa imaginar. Você pode optar pelos famosos bangalôs sobre as águas com deck, com piscinas particulares, ofurôs ou até mesmo hospedagens que caibam toda a família.


Outro item fundamental na escolha do hotel, é sua localização. Você não vai querer ir até as Maldivas e se deparar com um hotel que não oferece bonitas paisagens e atividades pelas ilhas, ou que fica em uma ilha LOTADA de gente certo?


O hotel escolhido, também determinará que tipo de atividades você terá para aproveitar durante a viagem. Como as ilhas com hotéis não são povoadas, normalmente os hóspedes ficam restritos às atividades que os hotéis oferecem e as refeições também. Por isso certifique-se que a hospedagem escolhida é do seu gosto em todos estes sentidos.


Mas afinal, que tipo de atividades os hotéis podem oferecer aos hóspedes?



O QUE TEM PARA FAZER?


Existe um grande leque de atividades para aqueles que não querem apenas relaxar. Separamos algumas atividades que aparecem mais nas ofertas dos hotéis:

  • Procedimentos em Spas

  • Prática de diferentes esportes aquáticos e terrestres

  • Passeios para avistar golfinhos em alto mar

  • Passeio de snorkel nas águas cristalinas com guia

  • Tours das ilhas habitadas e também das ilhas desertas

  • Atividades noturnas como dança, karaokê e bebidas nos próprios resorts



O destino Maldivas, é um destino para se curtir sem roteiros! Então nossa recomendação é investir em uma boa hospedagem, que não precisará se preocupar com as atividades e passeios.



O QUE LEVAR?


Com certeza você não pode esquecer itens como roupas de banho, saídas de praia, chinelos, chapéus, óculos de sol e protetor solar. Mas o que muita gente não sabe, é que por ser um país muçulmano, fora dos resorts, é sempre recomendado se cobrir mais.


Em ilhas locais fora dos resorts é comum ver mulheres de burca e placas proibindo bebidas alcoólicas e trajes de banho, então é sempre bom ficar atento para não desrespeitar os costumes locais. Lembrando que as ilhas dos hotéis não possuem estas regras e são liberados os trajes de banho e bebidas alcóolicas conforme estamos acostumados.


Se você pretende se deslocar entre as ilhas ou ficar em um hotel mais afastado, é bom cuidar com o excesso de bagagem! Pois as aeronaves menores, utilizadas para os deslocamentos internos, só permitem que cada passageiro leve uma mala de até 15kg e uma bagagem de mão de até 5 kg.